Publicado por: paulabertho | abril 11, 2012

Haver, fazer, ter

O verbo HAVER

É freqüente ouvirmos a expressão “HÁ MUITO TEMPO ATRÁS”. Trata-se de uma redundância, pois, se ocorreu “HÁ MUITO TEMPO”, só pode ter sido “MUITO TEMPO ATRÁS”.

Aprendemos, faz tempo, que devemos usar a forma “HÁ”, do verbo “HAVER”, quando nos referimos a um tempo já transcorrido: “Não nos vemos HÁ dois dias”; “HÁ dez anos que ele partiu”.

É interessante observar que a redundância “HÁ… ATRÁS” só ocorre com o verbo “HAVER”. Quando se opta pelo verbo “FAZER”, ninguém diz “FAZ dez anos ATRÁS”. Aí todos falamos corretamente: “FAZ dez anos”; “FAZ muito tempo”.

É importante lembrar também que, caso a idéia seja de “tempo futuro” ou de “distância”, devemos usar a preposição “a”: “Só nos veremos daqui a dois dias”; “Estamos a dez quilômetros do vilarejo”.

Vamos ver se consigo simplificar as “coisas”.

A dúvida é uma só: é verbo ou não é verbo?

Se for, devemos escrever “HÁ”; se não for, trata-se da preposição “a”. Para provar que é verbo, podemos usar o “macete” da substituição do “HÁ” pela forma “FAZ”: “Não nos vemos há (= faz) dois dias”, “Há (= faz) dez anos que ele partiu”.

Caso a substituição não seja possível, significa que não é verbo. Em “Só nos veremos daqui a dois dias”, não é possível substituirmos por “daqui faz dois dias”. O mesmo ocorre em “Estamos a dez quilômetros do lugarejo” (“Estamos faz dez quilômetros” não faz sentido).

Usamos “ano-luz” para medir distância: “… um astro semelhante ao sol a 153 anos-luz de distância da Terra”. O certo, portanto, é “… estão a anos-luz de distância…”

Por outro lado, está correto o escrever: “o eclipse ocorreu há (= faz) 153 anos” e “… ocorreu há (= faz) muitos anos terrestres atrás”. O “atrás” é que é desnecessário. Agora, temos a idéia de “tempo transcorrido”.

 

HÁ ou HAVIA?

“Ela estava em cena HÁ ou HAVIA mais de uma hora”.

Segundo o princípio da correspondência dos tempos verbais, devemos dizer que “ela ESTAVA em cena HAVIA mais de uma hora”.

O princípio é o seguinte: devemos usar “HAVIA” em vez de “HÁ”, quando o verbo que acompanha está no pretérito imperfeito (= estava, fazia, era) ou no pretérito mais-que-perfeito (= estivera, fizera, soubera, tinha estado, havia feito).

Em caso de dúvida, podemos usar o seguinte “macete”: substituir o verbo “HAVER” pelo “FAZER”. Se o resultado da troca for “FAZIA” (e não “FAZ”), use “HAVIA” (e não “HÁ”):

“ESTAVA sem comer HAVIA (= fazia) três dias.”

“HAVIA (= fazia) dez anos que o clube não ERA campeão.”

“Ela ESTIVERA naquela cidade HAVIA (= fazia) muito tempo.”

É importante observar que a ação se encerrou. A forma HÁ (= faz) indica que a ação verbal prossegue. Veja a diferença:

a)  “HAVIA dez anos que o clube não era campeão.” (= o clube acabou de ganhar o campeonato);

b) “HÁ dez anos que o clube não é campeão.” (= o clube continua sem ganhar o campeonato).

 

TEM ou HÁ?

Um comentário: “No Brasil não TEM maremotos, vulcões, terremotos, furacões”.

Outro comentário: “Aprendi que não devemos confundir os verbos “HAVER” e “TER”: “Nesta banca HÁ (= existe) várias revistas” e “Esta banca TEM (= possui) várias revistas”. Os gênios da publicidade são os que mais cometem tal erro.”

Segundo a gramática tradicional, não devemos usar o verbo “TER” no sentido de “HAVER” (= existir).

Não podemos, entretanto, esquecer que o uso do verbo “TER” em lugar do verbo “HAVER” é uma das características do português falado no Brasil. Isso significa que, num texto informal que queira retratar a linguagem coloquial brasileira, o uso do verbo TER é aceitável.

Não devemos reduzir o caso a simples discussão de certo ou errado. Inadequado seria usar o verbo TER (= haver, existir) em textos formais que exijam uma linguagem mais cuidada, que siga os padrões da chamada norma culta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: