Publicado por: paulabertho | abril 15, 2012

O desafio e algumas adequações lingüísticas

O DESAFIO

As dúvidas são:

1ª) VENDE-SE ou VENDEM-SE estas casas ?

2ª) Da 1a A ou À 5ª série ?

3ª) Seja BENVINDO  ou  BEM-VINDO ?

4ª) ADQUIRI-LOS  ou  ADQUIRÍ-LOS ?

Respostas:

1ª) VENDEM-SE estas casas. (No plural para concordar com o sujeito “estas casas” = “Estas casas são vendidas”);

2ª) Da 1ª À 5ª série. (Com crase = preposição “a” + artigo “a” que define a 5ª série);

3ª) Seja BEM-VINDO. (O novo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa já registra a forma “benvindo” como variante linguística);

4ª) ADQUIRI-LOS. (Sem acento agudo).

 

CERTO ou ERRADO? Ou questão de ADEQUAÇÃO?

1.“…mais um acidente com vítima fatal.”

FATAL é “o que provoca a morte”. Portanto, não é a vítima que é fatal. FATAL é o acidente. “Vítima fatal” está consagrada pelo uso e, hoje, perfeitamente compreensível.

 2. “Os vencimentos serão pagos numa parcela única.”

“Parcela única” é muito estranho. PARCELA é “pequena parte de qualquer coisa”. Rigorosamente, “pequenas parcelas” pode ser uma redundância e “parcela única” seria incoerente.

 3. “Queremos reaver o prejuízo.”

Duvido que alguém queira o prejuízo de volta. Queremos é ser indenizados pelo prejuízo. ão sejamos, entretanto, tão rigorosos com a língua portuguesa, a expressão “correr atrás do prejuízo”, embora incoerente, é perfeitamente compreensível.

4. “O secretário explicou ontem por que deixou o cargo.”

Se tinha deixado o cargo no dia anterior, não era mais secretário. Portanto, “o ex-secretário explicou ontem por que deixou o cargo”.

5. “Se o atacante for regularizado pela Federação…”

Não é o atacante que deve ser regularizado. A situação do jogador é que deve ser regularizada pela Federação. Nossa língua, porém, não é tãoo lógica como muitos pensam. O subentendido faz parte da nossa linguagem. Não sejamos tão rigorosos.

6. “Ninguém se feriu no desabamento, com exceção do porteiro.”

Para que o porteiro não se sinta pior que “ninguém”, seria melhor ter escrito: “Somente o porteiro se feriu no desabamento”. Frase de muito mau gosto.

7. “O Pão de Açúcar é quase 20 vezes menor que o Aconcágua.”

É impossível ser “20 vezes menor”. É um problema matemático. O contrário de “3 vezes mais” é “um terço”. Na verdade, “o Aconcágua é 20 vezes maior que o Pão de Açúcar”.

8. “Ao contrário do que foi publicado ontem, Romário fez dezoito e não dezessete gols…”

Dezoito e dezessete não são coisas contrárias. Portanto, o mais adequado é dizer: “Diferentemente do que foi publicado ontem…”

9. “Um homem se afogou e foi tirado do mar desacordado.”

Ou se afogou ou estava desacordado. Se houve afogamento, o homem estava morto; se foi tirado do mar desacordado, o homem quase se afogou.

10. “O filho fez curso de técnico de som até se tornar um nome de referência na área.”

Isso é que é força de vontade. Não largou o curso enquanto não ficou famoso. Para ficar claro: o rapaz fez um curso de técnico de som e tornou-se famoso na sua área. Ficou famoso depois de fazer o curso, e não “fez o curso até ficar famoso”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: